terça-feira, setembro 23, 2008


Ê... leições

1
#tiraopó... #tiraopó...

Então, né!? Eleições... a época mais feliz, colorida, BARULHENTA e solidária do Brasil. Época de ver pessoas sérias nas ruas a beijar mendigos e abraçar criancinhas melequentas... Nada como o voto de cada cidadão para modificar tantos corações... Mas o quê fazer? A gente vê tanta foto nas plaquetas e ouve tanto jingles lindos por aí que fica até pensando que eles nos são chegados.

Eu gosto tanto, tanto, TANTO de política que na semana passada, ao almoçar comemorando mais um mês de namorico, um dos concorrentes da cidade vizinha, almoçou bem na minha frente e, se ele dependesse da minha cara pra comer melhor, teve indigestão. Porque eu amo política e seus fazedores... e o mais engraçado é que as pessoas paravam e faziam questão de ir apertar a mão do sujeito, aclamando-o "meu prefeito". Eu tento perdoar essas pessoas porque eu realmente penso que vêem tanto a careca do pobre estampada por aí, que acabam se tornando íntimos assim...

"vai um lustre aí, dotô? Aproveita que o óleo de peroba tá na promoção! Na Careca e na cara-de-pau... é dois por um real!"

E quando isso vai mudar? Nunca! Porque brasileiro não aprende... por exemplo, minha vizinha:

Vizinha: Já decidiu seu voto?
Eu: Sim, vou votar no NULO!
Vizinha: Ah.. eu pensei em votar nele também, mas resolvi votar no candidato XmaricotinhaX
Eu: Mas a senhora gostou dos projetos de governo dele? Apoia o que ele diz que pode oferecer pra nossa cidade?
Vizinha: Não.. nada disso!!! É que a minha neta gosta, canta e dança as musiquinhas dele!
Eu: Hããããn??? Então tá, né!? O povo tem o governo que merece!
Vizinha: Faz cara de quem sabe mesmo o que tá fazendo.
Eu: Faço cara de vitrine!

Me deu muita vontade de dizer que, segundo o site do TSE, o candidato em questão tem uma dívida ativa de R$ 100.000,00 (empréstimo bancário). Mas eu vou falar? Eu não.. não adianta a música já a seduziu, afinal é lindo dar um voto pra ver uma netinha dançando e cantando jingles de campanha.

O povo realmente tem o governo que merece e que ajuda a eleger. Isso tá na nossa cara faz é tempo, mas a minha voz e a de uns poucos é como a do profeta: "quem deu crédito a nossa pregação?"...

Eu poderia votar no carequinha lá da outra cidade, pelo menos, ele almoçou comigo numa data especial...

êêêê.. meu amigo Charlie Brown!

Beijo.

1 Comentando:

Dilberto disse...

Salve, sobrinha: dei boas risadas por aqui, mas sabe, isto que é feito não é Política, mas, sim, a politicagem que a maioria do povo, por sempre ter tanto orgulho de dizer "Não gosto de política", deixa acontecer - como você mesmo constata no final do seu texto... TODOS temos que nos envolver com Política, e não falar dela somente nas Ê...Leições! Rs. Beijo grande!

Postar um comentário