quinta-feira, julho 15, 2010


Mãe de oito.

3
Benza Deus que me deu uma cabeça maluca e uma mente fértil e graças a saga da gata (explico depois) eu lembrei desse causo guardado na minha mente há alguns meses.

O fato é que quem não me conhece ou logo que me conhece se espanta por eu afirmar categoricamente que NÃO penso em ser mãe. É claro que já ouvi absurdos por conta disso e já me aborreci demais, por isso tomei decisão de ter OITO filhos. Entenda o causo...

A primeira coisa que ouvi é que não era possível uma mulher não ter o sonho de ser mãe. Gente é possível, sim. Sou mulher/menina/moça/bichofêmea/dosexofeminino e afirmo que é possível. Numa escala de sonhos/prioridades da vida de 1 a 10 ser mãe está em milésimo, saca? É óbIvio que se acontecer (bate na madeira daí que eu bato daqui, beija o santo e segura o patuá), eu vou amar e cuidar e fazer tudo o que se espera de uma boa mãe.

Um dos outros abEsurdos que eu ouvi quando anuncio essa minha vontade é que sou mal amada. Háááááá.. essa é uma das minhas preferidas. A outra é que eu tenho pobRema pra ter filho e não quero assumir e por isso digo que não quero bebês. Hehehe.. ai minha santa genética! Alguns já me disseram que quando eu ficar veiazinhacaquete não terei ninguém pra cuidar de mim sendo que o que eu mais vejo por aí (e aposto que você também) são filhos  fujindo da responsabilidade de ficarem com as mamães e os papais velhinhos, cheios de problema por conta da velhice  ou não, né? Tenho um exemplo cRássico aqui do lado de casa. A velhinha passa dias sem tomar banho, trocar fralda. Ninguém faz porque quer, a velhinha tem alzheimer e é difícil de fazer com que faça ou permita as coisas, mas também ninguém da casa tem paciência, vivem gritando e falando alguns abEsurdos que não vem ao caso.

Voltando pro meu caso, eu pensei que para evitar pobRemas dessa natureza e parar de me aborrecer (da última vez, estava numa TPM de dar gosto e uma mulher falou umas gracinhas pra mim que quase renderam-na uma voadora estilo Chun-Li, aliás.. minhas coxas estão iguais.. abafa!) , por uma coisa que, por direito é minhasóminhaenãodequemquiser, resolvi anunciar SEMPRE que serei mãe de oito.

Sim, OITO. Quatro meninos e quatro meninas. Eles com nomes começados por G e elas com nomes começados por alguma letra que ainda não parei, analizei e fiz numerologia. Todos lindos, fortes e saudáveis. Educadíssimos e quietos. Perfeitos e cheios de saúde. Só não vou explicar o detalhe que todos eles estarão na mente, né? Senão perde a graça. Pronto, fechou o pacote e nada de mais aborrecimentos. Assim espero. Benza-te Deus!

3 Comentando:

K-cau disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Morri de rir aki..
8, gata? Dessa jeito não sobra nada da Lelinha pra contar história..
E vou te confessar uma coisa. EU não tenho a maternidade como parte da minha lista de sonhos tb. Talvez daqui há muitos anos.. Mas não sonho com isso e nem ligo pro que falam.
Vc pelo menos tem namorado. Comigo o povo ala assim: "Qdo vc TIVER um namorado, vai mudar de idéia."
Ainda sou obrigada a ouvir "solteirona frustrada" nas entrelinhas.. KKKKK

Julis disse...

8???????? AHAHAHAHAHAHAHAHA e eu aqui sem nenhum - e por opção mesmo, não quero filhos tão cedo, acho que nem quero mesmo pra ser mais exata

Morena disse...

kkkkkkkkkkkkk mais OOITO foi sacanagem tbm hein gata!!!!
Mas gente tentando tomar conta da vida da gt é realmente o saco!
Beijos saltitantes
Bom fim de semana

Postar um comentário